Windows 10

Trata-se de manter no Windows 10 a opção português sem "AO". Basta ir aqui e gastar os 3 votos que cada um tem ao…Read More

Angola e o "acordo"

Declarações da Prof. Doutora Amélia Mingas sobre o "acordo". Delcarações importantíssimas desde logo porque delas decorre o que aqui em Portugal se esconde: trata-se de agradar ao Brasil - unicamente. E Angola é um Estado soberano e rico... ‹‹A Decana da…Read More

Marcelo Rebelo de Sousa e os brasis

Marcelo Rebelo de Sousa de cócoras perante os brasis e a sua presidenta. Parece pensar que, sem se sujeitar aos ditames daquele país, Portugal nada mais pode fazer do que desaparecer do mapa! É difícil atingir um tal grau de aviltamento em tão pouco…Read More

Artigo de Vasco Graça Moura no DN de hoje

No Brasil, tratava-se fundamentalmente de sacrificar o trema e o acento agudo em meia dúzia de casos. (...) Com isso, bastou o abaixo-assinado de uns 20 mil cidadãos para se adiar a aplicação de uma coisa trapalhona denominada Acordo Ortográfico (AO). Os…Read More

Pergunta de deputados ao governo sobre o «acordo».

PERGUNTA AO GOVERNO Destinatário: Primeiro-Ministro Assunto: Rejeição do famigerado Acordo Ortográfico Senhora Presidente da Assembleia da República Excelência: Está cada vez mais generalizada a rejeição do famigerado Acordo Ortográfico (AO). Nos meios…Read More

Regras a observar com o «acordês» - enquanto existir

Uma regra de oiro: nunca recomendar ou oferecer um livro em acordês. Um livro onde se pode encontrar coisas tais como "semirreta" (semi-recta) "perentório" (peremptório) , "receção" e outra cavalidades é uma boçalidade que nenhuma pessoa de bem deve cometer!

O "acordo" NÃO É UMA QUESTÃO LINGUÍSTICA

"É que isto não é uma questão linguística, é uma questão política, uma questão muito importante do ponto de vista da política de Língua no âmbito da Lusofonia "ISTO" é o acordo. O Malaca diz que o acordo NÃO É UMA QUESTÃO LINGUÍSTICA, MAS DE…Read More
See more

32 comments

to comment