Paulo Venceslau
Paulo Venceslau

Temos que acabar com os juízes amigos e que troca favores exemplos de alguns que moram em casa que não mais pertence a ele.. E outros que favorecem banqueiros em abs.-corpos e outros favorecimentos.. Temos que ter Juízes que ganhem bem mas que trabalhem mesmo não façam que estão trabalhando .Nós podemos ver isso nas execuções estaduais e trabalhistas que só anda conforme o interesse e o dinheiro. E que se prove ao contrario? Hoje estamos vendo um bando de pilantra sem do favorecido pelas...

Temos que acabar com os juízes amigos e que troca favores exemplos de alguns que moram em casa que não mais pertence a ele.. E outros que favorecem banqueiros em abs.-corpos e outros favorecimentos.. Temos que ter Juízes que ganhem bem mas que trabalhem mesmo não façam que estão trabalhando .Nós podemos ver isso nas execuções estaduais e trabalhistas que só anda conforme o interesse e o dinheiro. E que se prove ao contrario? Hoje estamos vendo um bando de pilantra sem do favorecido pelas brechas da lei e por amigos que foram nomeados no supremo...Que mas procure ler e prestar atenção nos intocáveis e nos favorecidos pela classe da magistratura corrupta....

Angela Melim
Angela Melim

60 dias de férias!!!

Kleber Caetano
Kleber Caetano

Parabéns ao Brasil por termos um Ministro como o Joaquim Barbosa (STF) para promover "mudanças" no poder judiciário brasileiro, mesmo que seja pensamentos e reflexões ainda que ideológicas. Quem sabe seja o início de um "vento" para uma reforma no Poder Judiciário Brasileiro.

Orlando Ferreira
Orlando Ferreira

Sem duvida nenhuma , juiz não passa de um funcionário publico comum , imaginou se todos funcionários públicos tivessem esses privilégios ..?????

Marcia Dias
Marcia Dias

Confiantes assinamos uma petição aqui, um abaixo assinado ali e acredito do fundo da minha alma que um dia mudaremos nossa mentalidade acomodada, nossos políticos sem escrúpulos, acabaremos com a carência, a miséria, a fome e a falha na educação...o importante é fazermos algo, mesmo que pouco.

Jose Antonio da Silva
Jose Antonio da Silva

isso e ótimo essaa peticao , num podemos ficar de bracos cruzados..inclusive esta demorando ..p..acontecer algo de bom sobre a maioridade penal ..uma vergonha isso.. ate agora nada..................................................................

Marcos Pessin
Marcos Pessin

se revertessem esses privilegios para hospitais do cancer por exemplo ja ajudariam muito

Ricardo Mesquita
Ricardo Mesquita

Enqto. nossos governantes (executivo, legislativo e judiciário) não se compenetrarem de que é MANDATÓRIO reduzir gastos públicos e investir em EDUCAÇÃO, SAÚDE e INFRAESTRUTURA, permaneceremos na condição de país grande e JAMAIS chegaremos à condição de GRANDE PAÍS!

Cacilda Vilela
Cacilda Vilela
  • Ricardo Mesquita

Muito bem; focado direto e objetivo! Amei quando dizes: "... permaneceremos na condição de país grande e JAMAIS chegaremos à condição de GRANDE PAÍS"! BRAVO, simplesmente isso. Abços

Ricardo Mesquita
Ricardo Mesquita
  • Ricardo Mesquita

Prezada Cacilda: Infelizmente, Brasileiros que pensam como nós estão rareando no País. Espero estar errado nas avaliações que faço, especialmente, de 10 anos pra cá. Mas o "panorama visto da ponte" por mim não é nada animador!

Willian Santos
Willian Santos
  • Ricardo Mesquita

Ação Popular neles para devolverem ao erário publico esta aberração e imoralidade.

Francisco Jaques
Francisco Jaques
  • Ricardo Mesquita

Assim como há um teto máximo para aposentadoria no INSS, deve haver um próximo para os servidores públicos, se quisermos ser considerados país de 1º mundo.

Monaco Francisco
Monaco Francisco

Auxílio alimentação é um direito do trabalhador público. Magistrados não precisam? Talvez professores também não precisem. Ou enfermeiros... Qual a justificativa para esse item? Sou contra super-salários e benefícios desmedidos. Mas se não houver sensatez e justificativa circunstanciada, perde-se a razão.

Signore Picoli
Signore Picoli
  • Monaco Francisco

Há uma campanha enorme aqui nesse país para detonar com a moral dos poderes (exceto o Executivo). Tem pessoas que parecem desconhecer isso e seguem a turba Monaco, infelizmente... Eu não trabalho no judiciário, mas já servi muitos doutos em Leis e acho de um descabimento essa causa, mas, como na maioria do nosso 'sisteminha' aqui em Brasil a censura impera.

Vinicius Ribeiro
Vinicius Ribeiro
  • Monaco Francisco

Pois é, Edward. Porque eu suprimi todos os seus comentários até agora, não é?!

Vinicius Ribeiro
Vinicius Ribeiro
  • Monaco Francisco

Monaco, obrigado pelo comentário! Fiz algumas alterações no que diz respeito ao auxílio-alimentação. Visto que os servidores estaduais da educação finalmente começarão a receber o auxílio-alimentação (http://goo.gl/ZVOVV), agora sim está mais justo que os juízes continuem a receber o seu. Peço desculpas – é que ainda não havia lido sobre a atual concessão deste auxílio aos professores. Aqui estão os ajustes feitos: (3) o auxílio-alimentação dos magistrados federais seja reduzido dos atuais...

Monaco, obrigado pelo comentário! Fiz algumas alterações no que diz respeito ao auxílio-alimentação. Visto que os servidores estaduais da educação finalmente começarão a receber o auxílio-alimentação (http://goo.gl/ZVOVV), agora sim está mais justo que os juízes continuem a receber o seu. Peço desculpas – é que ainda não havia lido sobre a atual concessão deste auxílio aos professores. Aqui estão os ajustes feitos: (3) o auxílio-alimentação dos magistrados federais seja reduzido dos atuais R$ 710 a R$ 373,00 (que é atualmente o valor do auxílio para todos os servidores federais);

(4) o auxílio-alimentação dos magistrados estaduais não ultrapasse, em nenhuma circunstância, a quantia provida aos servidores federais.

(5) o pagamento retroativo do auxílio-alimentação a juízes(tanto federal quanto estadual) não seja concedido. Muitos servidores estaduais ainda não recebem o auxílio-alimentação, ou, como é o caso dos servidores estaduais da educação, apenas começaram a recebê-lo e não terã

Vinicius Ribeiro
Vinicius Ribeiro
  • Monaco Francisco

(Continuando)...não terão direito a qualquer pagamento retroativo. Seria consequentemente injusto permitir que os magistrados recebam pagamentos retroativos com relação a este auxílio.

(6) produza uma liminar que obrigue os tribunais que já pagaram auxílio-alimentação retroativo aos juízes (tribunais do Amapá, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Distrito Federal e Paraná) - valor próximo a R$ 250 milhões - a reembolsar as quantias respectivas ao estado (pelo mesmo motivo citado acima).

Cecilia Maria Reis
Cecilia Maria Reis

Sr. Vince Ribeiro discordo do seu posicionamento por conhecer de perto a dura realidade de um juiz brasileiro. Caso o Sr. não saiba o trabalho é extremamente desgastante, realizam muitas audiências diárias, as vezes ultrapassam 20 sessões e depois de encerradas os processos são levados para casa para que as sentenças sejam dadas. O juiz não tem horário, trabalha muito mais de 8 horas por dia e para que não tenham atrasos na emissão das sentenças trabalham inclusive finais de semana. Como em...

Sr. Vince Ribeiro discordo do seu posicionamento por conhecer de perto a dura realidade de um juiz brasileiro. Caso o Sr. não saiba o trabalho é extremamente desgastante, realizam muitas audiências diárias, as vezes ultrapassam 20 sessões e depois de encerradas os processos são levados para casa para que as sentenças sejam dadas. O juiz não tem horário, trabalha muito mais de 8 horas por dia e para que não tenham atrasos na emissão das sentenças trabalham inclusive finais de semana. Como em todas as profissões, existem exceções mas não vamos julgar a classe por um ou dois casos que o Sr. talvez possa conhecer. Coloque-se no lugar do juíz que recebe um processo com mais de 10 volumes, onde a leitura e análise da documentação é obrigatória para a emissão de uma sentença quando você já tem mais de 40 processos para julgar. O senhor tem idéia de quanto ganha um advogado privado com o conhecimento e padrão de um juiz? Tem idéia de quanto um advogado estudou para chegar a magistratura?

Edson Gagliardi
Edson Gagliardi
  • Cecilia Maria Reis

Professor também faz isso e nem por isso tem rendimento de empresário. É triste ver um pais onde o sonho de todo cidadão é ser funcionário publico, cargo que, de forma alguma, deveria ser de destaque. Isso mina o empreendedorismo, a criatividade e o afinco do cidadão pois esta se focado em ter um cargo publico e sabe que se tentar criar um negócio próprio ou uma ideia terá os seus ganhos minados pelos impostos justamente por ter de manter os salários exacerbados que se pratica no...

Professor também faz isso e nem por isso tem rendimento de empresário. É triste ver um pais onde o sonho de todo cidadão é ser funcionário publico, cargo que, de forma alguma, deveria ser de destaque. Isso mina o empreendedorismo, a criatividade e o afinco do cidadão pois esta se focado em ter um cargo publico e sabe que se tentar criar um negócio próprio ou uma ideia terá os seus ganhos minados pelos impostos justamente por ter de manter os salários exacerbados que se pratica no funcionalismo. Muitos advogados ganham sim mais do que Juízes e isso é justo pois ele depende apenas de sua competência sem contar que assume riscos visto que, não é favorecido pela estabilidade e outras regalias que os juízes desfrutam. Se o advogado faz uma merda, seu nome fica sujo e ele perde os seus clientes, se um juiz faz merda ele é afastado e aposenta com salário integral.

Murilo Serafim
Murilo Serafim
  • Cecilia Maria Reis

Olha juízes são tão sangue sugas quanto políticos, ganham o teto do funcionalismo e mais infindáveis privilégios, até insalubridade eles ganham sem lidar com nada insalubre. Qualquer um quer se colocar no lugar dos juízes! Agora, sobre levar trabalho para casa, ninguém faz mais isso que o professor, como disse o colega acima, e eles não ganham na maioria dos estados, nem o que é seu por lei, ou seja, não ganham nem os 1400 do piso. Não tem argumento para mim que justifique os salário de...

Olha juízes são tão sangue sugas quanto políticos, ganham o teto do funcionalismo e mais infindáveis privilégios, até insalubridade eles ganham sem lidar com nada insalubre. Qualquer um quer se colocar no lugar dos juízes! Agora, sobre levar trabalho para casa, ninguém faz mais isso que o professor, como disse o colega acima, e eles não ganham na maioria dos estados, nem o que é seu por lei, ou seja, não ganham nem os 1400 do piso. Não tem argumento para mim que justifique os salário de nenhum dos tres poderes. Tem juiz que tirou nada menos do que 640 mil num mês. Isso é a corrupção legalizada, isso sim.

Murilo Serafim
Murilo Serafim
  • Cecilia Maria Reis

Tem mais uma coisa ainda, há muitos casos de filhas de juízes, que só por serem solteiras, quando o pai falece, ganham pensões de até 40 mil por mês, só no Rio de Janeiro são mais de 33 mil que custam a esta Estado mais de 400 milhões por mês. Judiciário é sangue suga! Fato, Tribunais custam 600 mil por dia!

Ivanir Maciel
Ivanir Maciel
  • Cecilia Maria Reis

Coitadinhos, será que eles não querem Bolsa Família para interar o mísero salário que ganham, se escolheram este Ofício que trabalhem o necessário dentro dos Juramentos que fazerm quando Diplomados! Coitado dos assalariados de nível piso, salário mínimo!

Tânia Bazo Costamilan
Tânia Bazo Costamilan
  • Cecilia Maria Reis

Tenho o maior respeito pelo trabalho dos juízes, mas acho que é um trabalho bem pago. Acho o ganho merecido e não precisam de mais privilégios.

Clarice Moura Costa
Clarice Moura Costa
  • Cecilia Maria Reis

Trbalham muito, mas têm férias bem amiores do que os assalariados brasileiros

See more comments…