About

Nossa missão é buscar uma redução nos salários, auxílios, e despesas dos políticos e magistrados brasileiros, visando assim nivelá-los com os de seus homólogos mundo afora. 

Todas as notas aqui escritas e petições aqui propostas têm base em pesquisas comparativas (contudo, somente os salários, auxílios, e despesas dos políticos e magistrados de países democráticos são levados em conta) que visam aumentar a justiça salarial no Brasil. Isto é, essa campanha não faz uso de cifras recém-inventadas que visam desfavorecer os três poderes da política brasileira. 

Gostaríamos de pedir que os nossos representantes (i.e. vereadores, deputados, senadores, juízes, membros do executivo, etc.), tanto regionais quanto federais, levassem em consideração os salários de seus homólogos em outros países democráticos e parem de tomar decisões insensatas, imprudentes, e precipitadas.

Em suma, esta campanha sempre se oporá aos aumentos salariais, despesas, e auxílios abusivos que não condizem com a realidade do nosso país, e continuará, da mesma maneira, representando a voz do povo em tais assuntos.

OBS: As moedas estrangeiras foram convertidas no dia 3 de março de 2013.

Salário mensal de um parlamentar:

Brasileiro (2013): R$26.723 
Francês (2012): R$18.294 [1]
Sueco (2012): R$17.943 [2]
Mexicano (2012): R$18.200 [3]
Inglês (2013): R$16.348 [4]
Espanhol (2012): R$7.248 [5]
Canadense (2012): R$25.292 [6]
Americano (2012): R$28.708 [7]
Dinamarquês (2013): R$17.294 [8]
Argentino (2012): R$14.600 [9]
Chileno (2012): R$21.537 [10]
Colombiano (2012): R$20.295 [11]
Uruguaio (2012): R$14.183 [12]
Peruano (2012): R$10.883 [13]
Venezuelano (2012): R$7.856 [14]
Costa-riquenho (2012): R$9.820 [15]


Salários do magistrado brasileiro:

(Fonte: Túlio Vianna – O Estado de S.Paulo – 11/11/2012 – Julgando de barriga cheia): 

"Os juízes brasileiros estão entre os mais bem pagos do mundo. Um juiz federal brasileiro ingressa na carreira ganhando R$ 21.766,16 - o que, levando-se em conta o 13º, equivale a uma remuneração anual de cerca de € 109 mil. Comparado aos subsídios dos colegas europeus, os magistrados brasileiros ganham valores significativamente superiores. Na França um juiz em início de carreira ganha por ano € 40.660, e na Alemanha € 41.127 (dados de 2010 do Relatório de Avaliação dos Sistemas Judiciais Europeus da Comissão Europeia para a Eficácia da Justiça)."

"O magistrado brasileiro já inicia a carreira ganhando cerca de 80% do que ganha um ministro do Supremo Tribunal Federal, por causa do art. 93, V, da Constituição, que estabelece uma diferença de no mínimo 5% e no máximo de 10% entre cada nível da carreira da magistratura. Se no início a pouca diferença salarial em relação aos ministros do STF pode ser bastante estimulante, com o passar do tempo o magistrado acaba se frustrando por ter uma perspectiva de ascensão econômica tão pequena."

"Os subsídios de final de carreira da magistratura nacional, porém, não são nada baixos se comparados aos de colegas europeus. Hoje um ministro do STF ganha mensalmente R$ 26.723,13, o que equivale a cerca de € 134 mil por ano, valor superior, portanto, aos pagos aos juízes da Suprema Corte da França (€ 113.478) e da Alemanha (€ 73.679)."

Clique aqui para aprender um pouco mais sobre os salários, despesas e auxílios dos três poderes e, também, alguns dos objetivos desta campanha.

Movimento também no Twitter e facebook !