About

O SOS Animal - Grupo de Socorro Animal de Portugal trabalha em defesa dos animais, com especial incidência sobre os maltratados e abandonados.


Como Ajudar?
Pode ajudar de diversas maneiras:
- Tornando-se nosso colaborador;
- Participando nas actividades;
- Divulgando a nossa página;
- Contribuindo para a nossa clinica - Fazendo um donativo, através da nossa conta bancária:
NIB: 0035 0202 00035876230 91 da Caixa Geral de Depósitos
- Apadrinhando um animal
- Sendo uma familia de adopção temporária, recolhendo um animal e tomar conta dele enquanto não for para uma família de adopção definitiva
- Pode também utilizar o nosso número sólidário: 760 50 10 95
De cada vez que ligar, contribui com 44 cêntimos. Custo da chamada: 60 cêntimos + IVA
-  Faça-se Sócio.
Precisamos muito da sua ajuda!
Junte-se a nós!
Torne-se sócio do SOSAnimal! Faça parte do grupo!
Consigo, poderemos salvar cada vez mais animais!

Faça Voluntariado! Existem milhares de animais abandonados em Portugal, que precisam de ajuda. Está nas mãos de todos nós ajudá-los.


 O que pode fazer tornando-se voluntário / colaborador?
- Informação e educação
- Colaboração com conteúdos para o site da SOS Animal na Internet, e trabalho de campo
- Propaganda
- Realização de folhetos, cartazes, expositores, videos, etc.
- Programas de Adopção
- Integrar equipas de doação através da rede telefónica ou da internet, colaborar em campanhas de adopção ao vivo em supermercados, centros comerciais ou na adopção temporária.
- Programa para crianças e jovens
- Realização de programas para escolas e na Internet.
- Comunicação
- Internet

Benefícios:
- Sentir-se recompensado pelo trabalho realizado, ao ajudar aqueles que mais necessitam, contribuindo assim para uma redução do sofrimento de muitos animais.
- Conhecer outras pessoas com o mesmo gosto pela vida animal e com quem poderá vir a trabalhar para alcançar um objectivo comum.

Mesmo que não possa, passe a mensagem!

1. Adoptar e bem tratar o animal
2. Familia de acolhimento temporária, recolhendo um animal e tomar conta dele enquanto não for para uma família de adopção definitiva
3. Apadrinhar um animal
4. Entregando donativos em géneros (ração, produtos limpeza, desparasitantes, medicamentos, coleiras, etc) ou dinheiro

5. Tornando-se nosso colaborador/ voluntariado