Back to Campanha pela verdade e justiça relativa à Ditadura Militar Brasileira (1964-1985)

50 dias contra a impunidade

Caros amigos,

O Anistia Internacional Brasil está na reta final da campanha 50 dias contra a impunidade, que desde o dia 1° de abril este ano coletou assinaturas pedindo o fim da impunidade para os crimes cometidos por agentes do Estado durante o regime militar no Brasil (1964-1985). Amanhã (20/05), eles terminam os 50 dias para entrar em ação.

Você já assinou? Se não, clique aqui: http://cts.vresp.com/c/?AnistiaInternacional/5d2b3e6194/7ad13a9ff1/23521dce77

Se sim, compartilhe com seus amigos e familiares, temos pouco tempo para aumentar este coro!

Além de chamar a atenção para os efeitos dessa impunidade nos dias de hoje, a campanha também foi uma oportunidade para a Anistia Internacional relembrar sua atuação no Brasil na época da ditadura, quando sua voz atuante foi decisiva, chamando a atenção da comunidade internacional para as graves violações de direitos humanos que ocorriam no país naquele período.

E para a importância da solidariedade daqueles que integram esse movimento de direitos humanos, presente em mais de 150 países, com as pessoas que estão tendo seus direitos violados.

Na última semana, a Anistia Internacional divulgou uma pesquisa feita em 21 países sobre o tema da tortura. E o Brasil surpreendeu, indicando que oito em cada dez brasileiros temem ser torturados se forem detidos.

A impunidade do passado alimenta a impunidade do presente.

Ajude-os a mudar esta história! Assine e compartilhe!

1 comment

to comment