Back to A COMPARTICIPAÇÃO DE RECEITAS E EXAMES É UM DIREITO DO UTENTE, NÃO DA INSTITUIÇÃO QUE OS PASSA

É fundamental a comparticipação dos exames médicos tal como já existe para os medicamentos!

O Serviço Nacional de Saúde não pode e não deve ser um monopólio do Estado. Deve congregar todos os profissionais de saúde, que devem contribuir de forma responsável, obrigatória e regulamentada para a melhoria dos índices de saúde do nosso País.
O direito à comparticipação dos exames tal como já existe para os medicamentos é a pedra basilar, o primeiro passo para uma concorrência leal, sem abuso de posição dominante, entre o Estado e a Iniciativa Privada; o passo que se não for dado não permitiá uma escolha sem limitações do médico pelo utente, como consagrado nos nossos direitos.
Urge congregar os esforços, aproveitar as capacidades de todos os profissionais de saúde para melhorar os cuidados de saúde à população.
Não se restrinjam as estatisticas às emanadas do actual SNS.
Que se torne realidade, a título de exemplo, uma base de dados dos cidadãos, confiada à guarda do Estado, e cujo acesso seja limitado aos profissionais de saúde autorizados pelo utente. Dessa base de dados, poderiam constar todos os dados referentes a cada um, de forma actualizada, para benefício do utente e para optimização dos recursos.
Essa base de dados, verdadeiramente Nacional, serviria para o cálculo dos indices nacionais, reais ( Estado e Iniciativa Privada) e permitiria, através da análise do perfil dos profissionais de saúde detectar desvios que poderiam, por sua vez, ser analisados por entidades independentes, idóneas e que de forma eficiaz pudessem por cobro a comportamentos que não contituissem boas práticas para o interesse dos Cidadãos e do País.
Pelo direito basilar de ter os exames medicos comparticipados tal como já o são os medicamentos, por um SNS verdadeiramente Nacional e não Estatal, pelo mérito e pela competência profissional, pela liberdade de escolha do médico pelo utente adira e divulgue esta Causa.

14 comments

to comment