About

Sensibilizar a população e o poder político local para o hipotético desaparecimento da mais antiga sala de espectáculos da cidade do Porto

O Teatro Sá da Bandeira, fundado em 1855 e restruturado em 1877, mantendo ainda os traços arquitectónicos dessa época, é uma das salas mais emblemáticas e históricas do Porto.

A empresa detentora do imóvel colocou-o à venda por 5,5 milhões de euros, não sendo obrigado o futuro proprietário a manter a mesma actividade. No desenrolar dos acontecimentos, surgiram vários interessados, entre os quais, uma empresa que pretende transformá-lo num hotel (mais um. Já o nosso antigo Teatro Águia d'Ouro se encontra no processo de transformação em hotel).

O poder político local não se manifesta, mostrando total desprezo pela cultura e por um dos espaços com mais história da cidade! É importante intervir contra (mais) um crime patrimonial que consiste num autêntico atentado à nossa memória colectiva.

Juntem-se a nós e manifestemos o vosso desagrado. O destino do TSB só pode ser um: ser remodelado/recuperado mantendo a traça original e continuar como casa de espectáculos.

Pela História, pela Cultura, pelo Teatro, mas sobretudo, pelo Porto!

1. Impedir a transformação do TSB em centro comercial, hotel ou qualquer outra função que desvirtue o seu interior e apague a sua "memória"

2. Apelo à Câmara Municipal do Porto para a aquisição do imóvel, salvaguardando o património e devolvendo-o à cidade.

3. Denunciar a inércia dos seus proprietários e desinteresse do poder político local que poderá levar o Teatro à ruína.

4. Apelo à sua recuperação/restauro para que, casos como o Teatro Águia d'Ouro, não se voltem a repetir.