Vamos repudiar a forma como a TV Globo e o brilhante Valcir Carrasco estão direcionando o diálogo entre Persio e Rebecca na novela Amor à Vida.

São 2 jovens médicos, sem nenhum fanatismo ideológico aparente porém forçados a manter relações de conflito interracial por falta de algo mais interessante.

Não há racismo aparente na diáspora.

Porque fomentar algo que não existe e que sabemos, no final terá um final feliz.

Mostrem convivência pacífica desde o início e não esta bobagem ideológica sem nexo.

Duas coisas o Brasil tem de bom: Novelas e Convivência pacífica entre judeus e palestinos !!

Vamos acabar com o baixo níivel e com o irreal !!

Caio Maghidman - Um judeu revoltado com o que vejo na TV

to comment