Progress

679 signed
321 more needed

Sign the Petition to

Carta Aberta à Câmara Municipal de Lisboa sobre o Programa de Controlo da População de Pombos (Columba Livia) / Open Letter to Câmara Municipal de Lisboa (City Council) on the Pigeon Population Control Program (Columba Livia)

Os subscritores desta Carta Aberta não discordam da necessidade controlar a população de pombos mas repudiam VEEMENTEMENTE as operações de captura por rede que o vídeo: https://www.facebook.com/sofia.gaspar.98/videos/1373046626052522/ ilustra, RECUSAM igualmente a inclusão desta prática desumana e abominável na estratégia oficial de redução de população conforme surge em http://www.cm-lisboa.pt/perguntas-frequentes/animais/pragas: "a captura é realizada com recurso a uma rede de grandes dimensões lançada à pressão. Em espaços pequenos e de acesso restrito, a captura é executada com recurso a gaiolas" sendo que os animais assim capturados vão, todos e sem excepção, para abate por veneno e/ou gás. Esta prática contradiz a intenção - assumida pela CML - de "controlar a população de uma forma humanitária".

English Version:
The subscribers to this Open Letter do not disagree with the need to control the pigeon population but they FIRMLY repudiate the network capture operations that the video: https://www.facebook.com/sofia.gaspar.98/videos/1373046626052522/ illustrates, and the REFUSE, also, the inclusion of this inhuman and abhorrent practice in the official population reduction strategy as it appears at http://www.cm-lisboa.pt/perguntas-frequentes/animals/pragas: "the capture is carried out using a network of large In small spaces with restricted access, the catch is carried out using cages "and the animals thus captured will, all without exception, be slaughtered by poison and/or gas. This practice contradicts CML's intention to "control the population in a humane way".

Signed,

Rui Martins

This petition closed over 1 year ago

How this will help

Considerando que a técnica da captura por redes e subsequente abate é cruel e ineficaz (a redução pontual da população leva a um rápido preenchimento do nicho porque não é global mas localizada)...

Considerando que a técnica da captura por redes e subsequente abate é cruel e ineficaz (a redução pontual da população leva a um rápido preenchimento do nicho porque não é global mas localizada) os subscritores desta Carta Aberta propõe:

1. Reforçar as campanhas de sensibilização especialmente quanto à proibição de alimentos a pombos na via pública (que faz aumentar a população destas aves). 

2. Reforçar as coimas e a eficácia da fiscalização contra a alimentação de pombos na via pública. 

3. Que a CML preste, gratuitamente e a pedido, o serviço de instalação de repelentes de poiso em prédios particulares. 

4. Aumentar a distribuição de contraceptivos orais pelos serviços da CML. 

5. Sabendo que a CML é o maior proprietário imobiliário de Lisboa reforçar nos seus edifícios as medidas de redução de locais de nidificação e os repelentes de poiso. 

6. Instalar locais de nidificação - onde se distribui alimentos com contraceptivos regulamente - de onde, posteriormente, os serviços da autarquia podem remover os ovos ou substituí-los por ovos falsos (como em Nova Iorque e Melbourne) 

7. Produzir e manter um relatório anual da quantidade de pombos na cidade, por freguesia, e indicando pontos de concentração. Incluir nesse relatório todas as acções de controlo, os seus custos e efeitos directos.

English Version: 

Considering that the technique of network capture and subsequent slaughtering is cruel and ineffective (the point reduction of the population leads to a rapid filling of the niche because it is not global but localized) the subscribers of this Open Letter propose:

1. Reinforce awareness campaigns especially on banning pigeon feed on the public road (which increases the population of these birds). 

2. Reinforce the fines and the effectiveness of police surveillance against pigeon feeding on public roads. 

3. That Lisbon City Council provide, free of charge and upon request, the service of installation of repellents of poiso in particular buildings. 

4. Increase the distribution of oral contraceptives by CML services. 

5. Knowing that Lisbon City Council is the largest real estate owner in Lisbon to reinforce in its buildings the measures to reduce nesting sites and house repellents. 

6. Installing nesting sites - where food is delivered with regular contraceptives - from which the local authorities can later remove the eggs or replace them with fake eggs (as in New York and Melbourne) 

7. Produce and maintain an annual report of the number of pigeons in the city, per parish, and indicating points of concentration. Include in that report all control actions, their costs and direct effects.

to comment