Progress

10,668 signed
989,332 more needed

Sign the Petition to

Senador Renan Calheiros e Deputado José Genoíno

ATENÇÃO. APAGARAM MINHA PETIÇÃO ANTERIOR NÃO SEI O PORQUE. AJUDEM. VAMOS ASSINAR NOVAMENTE. ISSO NÃO PODE FICAR ASSIM. EU JÁ TINHA 70000 ASSINATURAS.


José Genoíno é empossado na Câmara dos Deputados Parlamentar foi condenado a 6 anos e 11 meses.
Depois da posse, deputado disse que o retorno à Câmara é legal.

Camila Bomfim Brasília, DF

Com o apoio do PT e com a Constituição nas mãos, José Genoíno chegou à Câmara para tomar posse como deputado federal pela sétima vez. Suplente, assumiu a vaga do titular, Carlinhos Almeida, eleito prefeito de São José dos Campos, interior de São Paulo. Outros 16 suplentes também foram empossados nesta quinta-feira (3).

Depois da posse, o deputado disse que o retorno à Câmara é legal, e está amparado pela Constituição: “Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória”, leu.

José Genoíno foi condenado no julgamento do mensalão a seis anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha. Assim que o Supremo Tribunal Federal julgar todos os recursos da defesa, Genoíno pode ter que deixar o mandato para cumprir pena de prisão em regime semiaberto.

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) criticou o retorno de Genoíno à Câmara. “Pode até se justificar legalmente. Não há justificativa do ponto de vista moral e político”, afirmou.

O Supremo Tribunal Federal já decidiu que os deputados condenados no julgamento do mensalão devem perder o mandato, mas o próprio STF tem que cumprir duas etapas: publicar a decisão do julgamento e julgar todos os recursos.

O político Renan Calheiros (PMDB), foi eleito, com 56 votos a favor, o novo presidente do Senado e do Congresso Nacional. Calheiros, que já tem um histórico de político corrupto, deixou praticamente todos os brasileiros boquiabertos com sua eleição para presidente do Senado e do Congresso Nacional - não demorou muito para que os ativistas da internet começassem uma petição contra a posse do político.

Renan Calheiros foi obrigado a deixar o seu cargo de senador em 2007 (2005-2007), depois que uma denúncia o acusou de receber dinheiro de uma construtora para pagar a pensão da jornalista Mônica Veloso, com quem teve uma filha. Calheiros chegou a ser absolvido pelo Senado, mas na semana passada o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, denunciou Renan Calheiros por crimes como peculato, falsidade ideológica e uso de documentos falsos. Caso o Supremo Tribunal aceite a denúncia, o novo presidente do senado poderá responder a um processo criminal.

Signed,

Daniel Augusto Corrêa Vasques

This petition closed over 1 year ago

How this will help

Pelo fim da impunidade política neste país.

87 comments

to comment